Posts Tagged ‘Conselho Federal de Medicina’

Novo link: www.enfrenteocrack.org.br

Webmaster Posted in Notícias,Tags: , ,
0

Irei postar um novo link no site/blog.

Encontrei no site do CFM (Conselho Federal de Medicina) e irei apoiar, com certeza.

http://www.enfrenteocrack.org.br/

 

Acupuntura como especialidade médica: Resolução do Conselho Federal de Medicina

Webmaster Posted in Notícias,Tags: , , , , , ,
0

RESOLUÇÃO CFM nº 1.455/95
Revogada pela Resolução CFM nº 1.634/2002

O Conselho Federal de Medicina, no uso da atribuição que lhe confere a Lei nº 3.268, de 30 de setembro de 1957, regulamentada pelo Decreto nº 44.045, de 19 de julho de 1958, e

CONSIDERANDO anteriores pareceres do CFM, mais especialmente o Parecer nº 22/92, de 14 de agosto de 1992, que entende ser a Acupuntura ato médico;

CONSIDERANDO a necessidade do avanço acadêmico da Acupuntura inclusive com sua inserção nos cursos de graduação e pós-graduação das escolas médicas;

CONSIDERANDO a necessidade do diagnóstico clínico e específico do prognóstico, de instituição terapêutica peculiar.

CONSIDERANDO o fato de não encontrar paralelo entre este ato médico e outras especialidades médicas.

CONSIDERANDO o parecer CFM nº 028/95, aprovado em 11 de agosto de 1995;

CONSIDERANDO, finalmente, a decisão acatada pelo Plenário deste Conselho Federal de Medicina, em Sessão realizada no dia 11 de agosto de 1995, resolve:

RECONHECER a Acupuntura como especialidade médica.

Brasília-DF, 11 de agosto de 1995.

WALDIR PAIVA MESQUITA Presidente

ANTÔNIO HENRIQUE PEDROSA NETO Secretário-Geral

Publicada no D.O.U. de 18.09.95 – Seção I – Página 12675.

 

Fonte: Conselho Federal de Medicina.

Acupuntura é tema de nova câmara do Conselho Federal de Medicina

Webmaster Posted in Notícias,Tags: , , ,
0

O Conselho Federal de Medicina definiu a composição da câmara técnica de acupuntura. O coordenador e o coordenador-adjunto da câmara serão, respectivamente, Carlos Vital, vice-presidente do Conselho, e o presidente do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), Dirceu de Lavôr Sales. Também farão parte da câmara os médicos Augusto Kravchychyn, Fernando Genschow, Ivan Ferreira de Araújo, Hildebrando Sabato e Antonio Carlos Cirillo. “O grupo desenvolverá ações de promoção do aprimoramento técnico e científico da acupuntura e propõe-se dirimir dúvidas relacionadas à especialidade. Os membros detêm reconhecido saber”, afirma Carlos Vital.

Especialidade – A acupuntura foi reconhecida como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina em 1995. É uma área que registra rápido crescimento. Hoje existem aproximadamente dez mil médicos cadastrados no CMBA. “A prática da acupuntura requer capacidade de identificação e condução de um caso clínico, e isso pressupõe formação médica. Além do diagnóstico, o estabelecimento de metas e limites, bem como a avaliação de exames e de medicamentos em uso, são fundamentais no tratamento”, diz Dirceu de Lavôr Sales. Médicos, cirurgiões-dentistas e médicos-veterinários são os únicos profissionais do país que, por lei, estão habilitados a diagnosticar doenças. O CMBA defende que a prática da acupuntura seja realizada apenas por esses profissionais, em seus respectivos campos de atuação. “Como é possível tratar uma dor abdominal ou uma dor lombar, ou outros quadros clínicos, sem antes ter um diagnóstico?”, questiona Sales. De acordo com o presidente do CMBA, para que se obtenha o efeito desejado, a agulha de acupuntura deve atravessar a pele, a gordura subcutânea e, nas fibras musculares, estimular terminações nervosas livres. “Não se trata de apenas colocar uma agulha na superfície da pele. A falta de conhecimento adequado de anatomia e de neuroanatomia pode provocar danos”, afirma. O mau uso da acupuntura pode levar, por exemplo, a lesões de nervos periféricos, pneumotórax, encefalite e óbito. Outras informações sobre acupuntura podem ser obtidas em www.cmba.org.br.

 

Fonte: Conselho Federal de Medicina.